JEOVÁ TSIDKENU – O Senhor é a Nossa Justiça

“Dias virão”, declara o Senhor, “em que levantarei para Davi um renovo justo, um rei que reinará com sabedoria e fará o que é justo e certo na terra. Em seus dias Judá será salva, Israel viverá em segurança, e este é o nome pelo qual será chamado: O Senhor é a Nossa Justiça”. Jeremias 23:5,6

O Senhor é justo. Esta é uma qualidade inerente de Deus.

Esta é uma promessa feita anteriormente por Deus a Davi, seu servo.

Por muitas vezes, na história de Israel, vemos Deus manifestando Sua justiça em favor do seu povo, por meio do “Anjo do Senhor”, ou pessoas comuns a quem o Espírito capacitou.

Porém, esta é uma profecia que, em parte, já foi cumprida na pessoa de Jesus de Nazaré. Sim, ela fala do tempo passado, presente e futuro, não apenas para Israel, mas para todos os que creem em Jesus, como Senhor e Salvador.

– Ele é “o renovo” de Davi, descendente da sua linhagem; da tribo de Judá.

– A profecia diz que este, seria “um renovo justo”. E não foi esta a expressão usada por Pilatos na hora do julgamento de Jesus? “Estou inocente do sangue deste justo” Mateus 27:24

Voltando um pouco na história; observemos a declaração de João Batista a respeito de Jesus, quando ele estava iniciando seu ministério aqui na terra. No Evangelho de João 1:29,35-37

29 No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. […] 35 No dia seguinte João estava outra vez ali, com dois dos seus discípulos 36 e, olhando para Jesus, que passava, disse: Eis o Cordeiro de Deus! 37 Aqueles dois discípulos ouviram-no dizer isto, e seguiram a Jesus.

O Apóstolo Paulo afirma aos corintos que Jesus, com sua morte sacrificial, entre outras coisas, se tornou a nossa Justiça; cumprindo-se n’Ele a profecia descrita em Jeremias 23:5,6.

“É, porém, por iniciativa dele (o Deus Eterno) que vocês estão em Cristo Jesus, o qual se tornou sabedoria de Deus para nós, isto é, justiça, santidade e redenção”. 1 Coríntios 1:30

Falando a este respeito, e de acordo com as declarações do próprio Jesus, … “Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida” João 5:24.

Como também as declarações do Apóstolo Pedro, … “Não há salvação em nenhum outro, pois, debaixo do céu não há nenhum outro nome dado aos homens pelo qual devamos ser salvos” Atos 4:12.

Podemos afirmar que Jesus é a nossa Justiça, e que Ele é o enviado do Deus Eterno, para que passemos do estado de morte para a vida!

Por causa da Justiça obtida n’Ele, somos grandemente beneficiados. Leia: Efésios 1:3-12, e observe alguns destes benefícios:

– Somos adotados como Filhos de Deus (1:5)

– Somos constituídos para Louvor da sua gloriosa graça (1:6)

– N’Ele somos redimidos e perdoados pelo Seu sangue (1:7)

– Somos favorecidos com riquezas da graça de Deus, com toda a sabedoria e inteligência (1:7b,8)

– É por causa d’Ele que Deus nos revelou o mistério da Sua vontade (1:9)

Deus já proveu o Cordeiro para se tornar a nossa justiça; mas você já o aceitou?

– Você está esperando no Cordeiro de Deus? Ou suas decisões não dependem d’Ele, nem da aprovação d’Ele? – Lembre-se: Jesus é o enviado de Deus para ser a nossa Justiça!

Ainda hoje, existem muitas pessoas que se perguntam:

– Quem nos livrará da maldição e do pecado?

– Quem será a nossa justiça perante Deus?

– Onde encontraremos esperança?

E a minha pergunta é: – Quem responderá dizendo, “Eis-me aqui, eu irei Senhor?”

“Como pois invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram falar? e como ouvirão, se não há quem pregue?” Romanos 10:14

– Você demonstra que ama a JESUS e Lhe é grato, quando ama as pessoas e lhes compartilha do Seu amor!

Lembre-se: “JESUS escreveu com Seu sangue a história e assim conquistou a nossa Salvação”. E nós. Estaremos dispostos a dar ao menos o nosso suor, por amor a ELE?

Reflita sobre isto, e que Deus lhe abençoe!

Pr. Ruben Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *